Em Cartaz: Capitão América – Guerra Civil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A luta de heróis da Marvel, mistura drama, humor e muita ação, e ao sair do cinema a sensação é de alívio.

Não sabia como falar desse filme porque são muitas coisas a serem ditas, por isso decidi dividir primeiro por personagem e depois por atos do filme. Mas já posso adiantar que a Marvel acertou em cheio e produziu um de seus melhores filmes. Vamos aos personagens:

Capitão América - Guerra Civil Capitão

Capitão América, o protagonista: ainda sentindo-se culpado por tudo que aconteceu com o Bucky, Steve defende o amigo durante a história toda. Como líder dos Novos Vingadores ele sente o peso do erro de uma de suas aliadas e ao mesmo tempo que assume a responsabilidade pelo acontecido tenta acalma-la e protege-la. As cenas de ação são muito boas e vemos um Cap bem dramático nesse filme, Chris Evans manda muito bem.

Capitão América - Guerra Civil Homem de Ferro

Homem de Ferro, o antagonista: como o filme era do Capitão, o Stark fica como o antagonista, reforçado pelo pedido de uma mãe, Tony sente o peso de todas as destruições causadas até agora, e se obriga a voltar de sua “aposentadoria” com o intuito de registrar os super-heróis. O papel de mentor do Homem-Aranha funcionou muito bem e a interação entre eles promoveu um dos melhores momentos do filme. Saindo da comédia e indo pro drama, os embates emocionais dele com o Steve também são muito bem feitos, você consegue ver a angústia dele, por mais que eu seja #TeamCap , eu consigo entender as emoções dele, ao ver as pessoas que gosta sendo atingidas entre elas seus pais e seu melhor amigo.

Capitão América - Guerra Civil bucky

Soldado Invernal, o causador da treta: depois de sofrer lavagem cerebral e passar pelo projeto Soldado Invernal, ele acabou cometendo muitos crimes, quando finalmente o encontraram queriam que ele fosse preso. Armaram pra ele ser apontado como culpado por um dos grandes fatos dramáticos do filme. É interessante ver ele voltando a lembrar das coisas, e quase sendo lobotomizado novamente. As cenas de ação do personagem são sensacionais, tem uma das melhores coreografias de luta do filme.

Capitão América - Guerra Civil Viuva Negra

Viúva Negra, a agente dupla: que sensacionais são as cenas de luta dessa mulher, com direito a muitas chaves de coxa. Ela fica dividida no conflito e acaba sendo a “traíra” que muda de lado, mas funcionou muito bem esse papel de agente dupla. Ver ela nesse filme sem nenhum interesse amoroso, mostrou uma personagem mais forte e aumentou muito a vontade de vê-la em uma aventura solo, ou mesmo comandando os Vingadores, agora que o Cap e o Stark devem se afastar da equipe por questões de contrato.

Capitão América - Guerra Civil Feiticeira Escarlate

Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate, o problema: eu fiquei bem triste com o erro dela no filme, sofri com ela, por mais que não tenham citado o fato da morte do irmão, o erro somado a esse fato fazem com que ela sofra muito, ainda sem entender totalmente os seus poderes. Ela é mais uma dose de drama na história, mostrou um pouco mais de seus poderes, mas ainda tem muito pra mostrar, deverá ganhar mais destaque num futuro próximo. Ela é uma grande arma de destruição em massa que precisa ser contida pelos seus amigos, e isso é mostrado nesse filme, pode ter mais problemas pela frente.

Capitão América - Guerra Civil Falcão

Falcão, o sidekick do Cap: o Falcão mostra mais do seu potencial de luta e também se mantém fiel ao seu amigo, “dividindo” o Capitão com o Bucky. Teve boas cenas no filme e algumas tiradas boas. Bem legal ver a utilização das asas do uniforme para vôos e até como escudo, seria uma previsão do futuro?

Capitão América - Guerra Civil Máquina de combate

Máquina de Combate, o amigo do Stark: o Rhodes entra na história para auxiliar o Tony e também para ser o “sacrifício” do filme, já que não teve morte desta vez, ele é o que mais se aproxima disso, em mais um erro de cálculo dos herois, mostrando que todos são ameaças.

Capitão América - Guerra Civil Visão

Visão, o zelador: sem muita importância na história, ele é o responsável por cuidar do QG dos Vingadores, mas também é o carcereiro da Feiticeira e acaba levando uma coça dela. Também foi responsável por um dos erros do time de heróis, lançando um raio que acertou o Máquina de Combate e o fez desbancar do céu, deixando-o aleijado, mas nem mostraram muito a reação dele a isso.

Capitão América - Guerra Civil gavião arqueiro

Gavião Arqueiro, o figurante de luxo: também aparecendo pouco, ele deixa a família dele e parte para ajudar o Team Cap que precisa de reforços, ele é responsável por recrutar esses reforços, entre as missões ele fica com a difícil tarefa de tirar a Feiticeira do QG, que está sendo cuidada pelo Visão. É interessante a interação dele com os outros personagens, especialmente com a Viúva (perguntando se ainda são amigos) e com o Scott Lang.

OS NOVOS PERSONAGENS

Capitão América - Guerra Civil Pantera Negra

Pantera Negra, o conciliador: apresentado pela primeira vez nesse filme, o personagem é muito bem introduzido tanto em sua forma “civil” como sua forma heroica. Acreditando que o Soldado Invernal foi responsável pela morte de seu pai, inicia uma busca para tentar eliminar o mesmo. O estilo de luta dele é particular e muito bem construído, toda a coreografia de cenas de luta dele passam a sensação de ser algum felino lutando, créditos aos diretores que souberam trabalhar muito bem com o personagem, construindo um estilo particular de luta. A parte Rei dele, entra como conciliadora no final do filme, transformando ele em peça chave do roteiro, como já havia sido anunciado. Ao deixar de lado seu sentimento de vingança e passar isso aos outros personagens encerra bem seu arco no filme.

Capitão América - Guerra Civil Homem-Aranha

Homem-Aranha, o alívio cômico: desde que aparece pela primeira vez em cena ele já começa divertindo o público, ele é um moleque, que tem voz fina e se atrapalha pra falar. O deslumbramento dele em estar no meio de todos aqueles herois é meio que a representação do que os fãs estão sentindo ao ver o filme. As linhas de diálogo dele são muito boas e mesmo aparecendo pouco consegue ser apresentado, tem sua origem simplificada e mostra boa parte de suas habilidades, muito inteligente ele é o criador de suas teias e também de uma versão bem ruim de uniforme, mas recebe de presente um bem melhor do Stark. O que incomoda um pouco é que o uniforme parece inteiro feito em CGI, espero que pro filme solo consigam corrigir um pouco isso.

Capitão América - Guerra Civil Homem-Formiga

Homem-Formiga, a surpresa: ele é outro alívio cômico, desta vez do lado do Capitão, também é um novato nesse meio mesmo já sendo apresentado em outro filme. Ele ficando gigante é uma das melhores cenas do filme, é muito legal, e por mais que alguns spoilers apontassem isso, é uma surpresa legal na história, exemplificada na fala do Tony que fala que “agora é hora de alguém do nosso time mostrar uma habilidade que ninguém espera”. A cena do Lang na flecha do Arqueiro também é muito legal, mesmo já tendo sido mostrada nos trailers, é um momento que aquece o coração dos fãs (fan service).

Capitão América - Guerra Civil Zemo

Zemo, o vilão: dos quadrinhos pegaram apenas o nome do personagem, o que lá era uma das cabeças da HIDRA, acaba virando um Sokoviano (não sei se é assim que se escreve, criei a palavra, significa aquele que vem de Sokovia), que perdeu a família nos acontecimentos da Era de Ultron, e como não tem força pra derrotar os heróis trabalha pra que eles se auto-destruam, faz muito mais um trabalho psicológico que físico, um trabalho psicológico muito bem feito por sinal. Deixar ele na prisão e não dar um fim definitivo para o personagem, deixa ele de reserva para ser usado no futuro, quem sabe se aproximando mais de sua contra-parte nos quadrinhos.

Apresentados os personagens, vemos uma boa interação entre os novos Vingadores, ficam claras as motivações de cada um ao escolher seu lado na batalha, e temos uma luta contida no final, mas muito bem construída. As cenas do aeroporto são de encher os olhos, é a parte mais empolgante do filme, por isso acho que a ausência de um vilão forte não causa grandes danos ao filme. Guerra Civil entra tranquilamente no hall de melhores filmes da Marvel, junto com o primeiro Vingadores e Guardiões da Galáxia. Por gosto pessoal, achei esse melhor que o Capitão América 2, mas são extremamente próximos em quesito qualidade. Agradeço aos Irmãos Russo, que dirigiram o filme e são responsáveis pelos próximos filmes dos Vingadores. Que os próximos sejam tão bons quanto esse.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×